Os ciclos planetários

Escrito por Elena


Todo início de ciclo começa com uma conjunção. Então, à medida que avança pelo zodíaco, o planeta mais rápido dos dois se encontra em aspecto com o mais lento. Ele produz um sextil, depois uma quadratura, um trígono, uma oposição. Feito isso, e enquanto continua seu curso, o planeta mais rápido forma um segundo trígono, outra quadratura, outro sextil e uma segunda conjunção. O mais lento continua seu trabalho.

O ciclo de Júpiter - Saturno é de 20 anos. Conjunções: 1901 em Capricórnio, 1921 em Virgem, 1940 em Touro, 1961 em Capricórnio, 1981 em Libra, 2000 em Touro, 2020 em Aquário. A evolução de Júpiter é enquadrada e estruturada por leis. Os cidadãos são forçados a fazer esforços e, às vezes, sacrifícios.

O ciclo Júpiter - Urano é de 14 anos. Conjunções: 1900 em Sagitário, 1914 em Aquário, 1927 em Áries, 1941 em Touro, 1955 em Câncer, 1969 em Libra, 1983 em Sagitário, 1997 em Aquário, 2011 em Peixes, 2024 em Touro. Júpiter dá impulso a Urano, e Urano leva Júpiter a ir além de suas possibilidades. As novas ciências e tudo o que pode alterar a condição humana é favorecido.

O ciclo Júpiter - Netuno é de 13 anos. Conjunções: 1907 em Câncer, 1919/1920 em Leão, 1932 em Virgem, 1945 em Libra, 1958 em Escorpião, 1971 em Sagitário, 1984 em Capricórnio, 1997 no final de Capricórnio, 2009 em Aquário, 2022 em Peixes. Este ciclo favorece os valores espirituais, as artes e a compaixão. Ele encoraja o acolhimento e a integração do Outro com suas diferenças.

O ciclo Júpiter - Plutão é de cerca de 13 anos. Conjunções: 1906 em Gêmeos, 1918 em Câncer, 1931 em Câncer, 1943 em Leão, 1955/1956 no final de Leão, 1968 em Libra, 1994 no final de Escorpião, 2007 no final de Sagitário, 2020 em Capricórnio. Essas duas facetas de energia favorecem a evolução para o melhor ou para o pior. Este ciclo inicia metamorfoses incompressíveis que mudarão a natureza humana, querendo ou não.

O ciclo Saturno - Urano é de 45 anos. Conjunções: 1897 no final de Escorpião, 1942 no final de Touro, 1988 no final de Sagitário, 2032 em Câncer. Saturno impõe limites e privações. Ele está ligado ao passado e às tradições. Urano, por sua vez, favorece a liberdade, a ação, a inovação. Alguns se ligam à segurança e outros defendem a liberdade.

O ciclo Saturno - Netuno é de 36/37 anos. Conjunções: 1882 em Touro, 1917 em Leão, 1953 em Libra, 1989 em Capricórnio, 2026 em Áries. Saturno se apega à segurança e a suas fronteiras, enquanto Netuno encoraja iniciativas humanitárias em larga escala. Ele defende a compaixão e mostra seus benefícios.

O ciclo Saturno - Plutão é de cerca de 34 anos. Conjunções: 1915 em Câncer, 1947 em Leão, 1982 no final de Libra, 2020 em Capricórnio. Essa conjunção anuncia uma metamorfose lenta e poderosa ao mesmo tempo. O que está oculto é revelado e desencadeia uma regeneração que abre outras perspectivas.

O ciclo Urano - Netuno é de 172 anos. Conjunção em 1821 em Capricórnio, oposição em 1906/1911, trígono decrescente em 1938/1934, quadratura decrescente em 1953/1957, sextil decrescente em 1965/1968, conjunção em 1993/94 em Capricórnio. Tudo se cristalizou com esse caminho de Saturno. A evolução é incompressível. Ela é incorporada por gênios. A luta contra a poluição é desencadeada e a ciência está alinhada com a vida.

O ciclo Urano - Plutão é de 118 anos. Conjunção em 1850 no final de Áries, oposição em 1901/1902, trígono decrescente em 1921/1922, quadratura decrescente em 1932/1933, sextil decrescente em 1943/1944, conjunção em 1965/1966 em Virgem, sextil decrescente em 1995/1996. Esta conjunção particularmente poderosa e rápida induz uma regeneração da civilização que começa com um passo negativo. Ela revela os efeitos nocivos de certos valores que devem imperativamente se regenerar.

O ciclo Netuno - Plutão é de 486 anos. A última conjunção ocorreu em 1891/1892 em Gêmeos, e o sextil descendente ocorreu entre 1950 e 1990. Este grande ciclo leva a uma metamorfose da consciência humana de modo que ela se eleve em direção ao divino. Essa conjunção, ocorrida no século XIX, simboliza o início de uma nova era cuja natureza ninguém conhece.



0 comentário - Os ciclos planetários



Pergunta de segurança :


* Informação obrigatória. Seu e-mail não será exibido e só será utilizado em caso de abuso.





Este site usa cookies para melhorar sua experiência.